ENDURO DA INDEPENDENCIA

Enduro da Independência 2013 percorrerá Rota Imperial de Vitória a Ouro Preto

A rota abrange 14 municípios no Espírito Santo e 17 de Minas Gerais

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. - Superesportes

Publicação:

08/08/2013 18:42

Rota inédita abrange 14 municípios do Espírito Santo e 17 de Minas Gerais (Gustavo Epifanio/VIPCOMM)  
Rota inédita abrange 14 municípios do Espírito Santo e 17 de Minas Gerais
Considerada a mais tradicional prova de enduro de regularidade do Brasil, o Enduro da Independência chega à 31ª edição com um trajeto inédito. De 4 a 7 de setembro, os pilotos percorrerão a Rota Imperial São Pedro D’Alcântara, de Vitória-ES até Ouro Preto, caminho utilizado por Dom Pedro II em uma de suas viagens pelo interior do país.
Serão cerca de 900 quilômetros de desafios que exigirão preparo físico dos competidores nos quatro dias de prova. De acordo com a organização, o Enduro da Independência 2013 deve reunir mais de 400 pilotos de moto entre profissionais e amadores, em 11 categorias: Master, Senior, Feminino, Over 40, Over 45, Over 50, Over 55, Junior, Novato, Dupla Estreante, Dupla Graduado.
O caminho, que começou a ser utilizado durante o período de exploração do território nacional em busca do ouro, será roteiro das motos a partir da quarta-feira (4), quando os pilotos saem de Vitória-ES para Venda Nova do Imigrante-ES, considerada a cidade com maior altitude do Espírito Santo.
Na quinta-feira (5), a competição chegará ao estado de Minas Gerais, passando por desafiadores trechos de serra até Manhuaçu. A parada da sexta-feira (6) será em Viçosa, antes de chegar à histórica cidade de Ouro Preto no sábado (7), dia da Independência do Brasil.
Na edição de 2012, o piloto Rodrigo Amaral venceu o Enduro da Independência na categoria Master. Antônio Luiz Maciel Filho ficou com a vitória na Senior e Sabrina Katana foi a campeã no feminino. O primeiro colocado entre pilotos da categoria Novato foi Túlio Borges Malta, enquanto Gabriel Guimarães Cordeiro foi o melhor da Junior. Nas categorias Over 55, Over 50, Over 45 e Over 40 os campeões foram George Parik, Hugo Morato, Noé de Oliveira e Genoir Bruning, respectivamente. Vinicius Campos e Cláudio Silva venceram na Dupla Graduado, enquanto Carlos Renato e Luciano Bigarelli foram campeões na Dupla Estreante.
Inscrições
As inscrições para todas as categorias do Enduro da Independência seguem abertas até o início da competição por meio do site www.tcmg.com.br. Quem se inscrever até o dia 20 de agosto paga uma taxa no valor de R$ 800,00. A partir desta data até 25 de agosto, os valores sobem para R$ 900,00. Daí até o dia da prova, serão aceitas inscrições com uma taxa de R$ 1.000,00.
Sobre a Rota Imperial
A Rota Imperial revive o caminho percorrido pelo imperador D. Pedro II quando esteve no Espírito Santo, em 1860, e se conecta à Estrada Real, que reúne antigos caminhos abertos pela Coroa Portuguesa para transportar as preciosidades de Minas Gerais para o Rio de Janeiro.
A Rota Imperial São Pedro D'Alcântara, ligando Vitória a Ouro Preto, passa por 31 municípios e tem a extensão de 575 quilômetros. A rota abrange 14 municípios no Espírito Santo e 17 de Minas Gerais. Do marco zero, em Vitória, a rota segue por Cariacica, Viana, Domingos Martins, Venda Nova do Imigrante, Castelo, Conceição do Castelo, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Iúna, Ibatiba, Ibitirama, Irupi e Muniz Freire.
Em Minas Gerais, a Rota Imperial seguirá pelas cidades de Martins Soares, Manhumirim, Alto Caparaó, Alto Jequitibá, Luisburgo, São João do Manhuaçu, Santa Margarida, Pedra Bonita, Matipó, Abre Campo, Jequeri, Oratórios, Ponte Nova, Acaiaca, Barra Longa, Mariana e Ouro Preto.

baner trailclube

 

banner-publicidade